• Home
  • App
  • Quais as diferenças entre seguro de carro novo e seguro de carro usado?

Quais as diferenças entre seguro de carro novo e seguro de carro usado?

Todo mundo se questiona se existe diferença entre um seguro de carro novo e seguro de carro usado. Podemos dizer que muito do que se diz por aí é mito, mas existem, sim, diferenças entre os dois.

Se quiser saber quais são essas diferenças, confira o post que preparamos e esclareça suas dúvidas!

O seguro de carro novo

Por mais que o nome do seguro possa dar a entender que este é um seguro apenas para carros 0 km, na verdade o seguro para carro novo é mais abrangente: desde carros zero até aqueles que foram comprados há um tempinho, mas ainda estão próximos ao ano de fabricação.

A principal diferença desse tipo de seguro é que os fatores que pesam na hora de precificá-lo são diferentes daqueles utilizados para os carros usados. No caso dos carros novos, o valor de mercado do veículo e também o pouco uso influenciam mais.

Se, por um lado, o valor de um carro zero poder fazer subir o preço da apólice e da franquia (afinal, é um valor mais alto que o de um usado ou seminovo), por outro, se o veículo ainda estiver na garantia do fabricante, o preço do seguro pode cair drasticamente. Isso porque a probabilidade de uma pane nesse período é baixa.

A probabilidade de furtos — especialmente se o veículo for um modelo completamente novo — também é baixa, já que o veículo é novo no mercado e ainda pouco visado.

O seguro de carro usado

O seguro de carro usado contempla desde os seminovos até aqueles que têm mais tempo de uso, podendo passar até de 20 anos em alguns casos. Para esse tipo de seguro, as variáveis de precificação mudam um pouco e levam em consideração justamente o desgaste natural do veículo, depreciação e a probabilidade de roubo.

Como o valor do veículo tende a cair com o passar dos anos, esse fator acaba não influenciando muito no preço do seguro. Porém, como a possibilidade de quebra de um veículo usado é maior, isso faz o preço subir.

Além disso, o valor das peças tem grande influência no preço do seguro de carro usado. Isso porque — especialmente nos casos de veículos que saíram de linha — as peças desses veículos começam a ficar escassas e mais caras, o que acaba pesando no preço do seguro.

Somado a tudo isso, ainda existe a probabilidade de roubo. Quanto mais um carro é conhecido, maiores as chances de ele ser roubado ou furtado — e se ele estiver na lista dos mais vendidos, essas chances sobem ainda mais.

As diferenças entre seguro de carro novo e seguro de carro usado

Resumindo, as principais diferenças entre esses dois tipos de seguro ficam entre:

Carros novos

O valor do bem é mais alto, portanto, o prêmio é maior, podendo encarecer o seguro. O veículo geralmente está na garantia, portanto, está menos suscetível a problemas, o que pode baratear o seguro.

Carros usados

O valor de tabela é mais baixo, portanto, o prêmio é menor, o que pode baratear o seguro. Se for um modelo muito antigo, as peças de reposição tornam-se escassas e caras, o que torna o valor do seguro mais elevado.

O recomendado é sempre fazer o seguro assim que você adquirir seu veículo, seja ele novo ou usado. Porém, na hora de contratar, vale avaliar cada um destes fatores — especialmente se você ainda não comprou o carro e o valor do seguro pesa nessa decisão.

Se você gostou do post explicando as diferenças entre um seguro de carro novo e seguro de carro usado, assine nossa newsletter e não perca nossas dicas!

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *