• Home
  • Blog
  • Consórcio de carros: 4 erros para não cometer

Consórcio de carros: 4 erros para não cometer

A compra de um carro é sempre um momento especial na vida de qualquer pessoa. Mas, se está planejando fazer essa aquisição por meio de um consórcio de carros, saiba que do momento em que toma essa decisão até o fechamento do negócio, muitos pontos devem ser analisados para que não cometa nenhum erro e esse momento de realização não se transforme em uma grande dor de cabeça.

Pensando nisso, nesse post vamos listar para você alguns erros comuns você precisa evitar na hora de adquirir um consórcio para aproveitar com mais tranquilidade a compra do carro novo. Continue lendo e confira o que preparamos!

1. Não saber exatamente quais a taxas cobradas

Muita gente conhece a fama de que os consórcios trabalham com taxas mais baixas se comparados a outras modalidades de aquisição de bens, o que não deixa de ser verdade. Contudo, uma coisa é certa: taxas e juros sempre estarão presentes, mesmo que reduzidos.

Assim, é de extrema relevância que você saiba exatamente os seus valores e em que situações eles serão cobrados para não ser surpreendido. Para isso, busque essas informações com a empresa e leia atentamente o contrato antes de assiná-lo.

2. Não confirmar a idoneidade da administradora

Atualmente, o mercado de consórcio de carros é bastante diversificado. Diversas empresas atuam no ramo, com diferentes planos, propostas e taxas.

É muito comum a escolha de um consórcio ser motivada por questões relacionadas ao preço, deixando de se analisar também a empresa que oferece o serviço. Os valores são, sim, muito importantes, entretanto, não devem ser os únicos indicadores na hora de contratar esse tipo de serviço.

Assim, antes de qualquer análise, faça antes uma pesquisa a respeito da idoneidade da administradora do consórcio. Veja se há muitas reclamações, descubra o tempo de atuação no mercado e busque saber a opinião de outras pessoas. Afinal, de que adianta oferecer os planos mais vantajosos se não há garantias de que serão cumpridos? Fique atento!

3. Não ler o contrato de adesão

Esse pode ser um erro fatal e que você não deve, em hipótese alguma, cometê-lo. Todas as informações relevantes sobre a aquisição do consórcio devem estar contidas no contrato de adesão, desde informações relativas à empresa, ao bem, às condições, taxas etc.

É importante mencionar que o contrato de adesão é o documento pelo qual você poderá exigir o cumprimento de obrigações nele contidas — tanto por via extrajudicial ou judicial. Dessa forma, nunca deixe de analisar item por item deste documento e não hesite em buscar esclarecimentos com a empresa caso surja alguma dúvida.

4. Não se planejar a longo prazo

Na hora de fazer um consórcio de carros você deve ter em mente que, dependendo do plano adquirido, terá uma despesa fixa por um longo período e que, inclusive, pode aumentar, caso o valor do bem sofra acréscimo. Dessa forma, é essencial fazer um planejamento de longo prazo, com intuito de saber se será possível manter o consórcio até o final. Analise bem a sua situação financeira, estabilidade profissional e também outros projetos que tenha em mente, e que podem dificultar arcar com essa dívida.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *